Pular para o conteúdo

QUEM SÃO OS BOBOS?

Quem são os bobos?

Eu tenho uma admiração pessoal por Ricardo Boechat, meu amigo de longas datas.

Mas ainda que assim não fosse estaria aqui recomendando a audição da Band News diariamente, desde as 7,00hs em que esse brilhante colunista nos brinda com suas intervenções, principalmente políticas.

Há uns dois dias ouvia sua análise sobre essa novela Eduardo Cunha/ Presidente Dilma que se arrastou durante todo ao ano de 2015, impedindo o funcionamento do país. Desde janeiro do corrente ano tivemos a oposição, em especial o PSDB/DEM esquecendo-se dos interesses do país e de sair das urnas. E a partir de março com a eleição de Eduardo Cunha para a Presidência da Câmara dos Deputados começou uma luta paralela. Em janeiro o inconformismo do resultado das urnas e em março o inconformismo pela disputa da Mesa do Legislativo. Iniciou-se uma disputa constante de um lado o Governo e do outro lado essa oposição que nada oferecia de positivo. Nenhum projeto, nenhum gesto de garantir a governabilidade. Só servia derrubar a Presidente para ter novas eleições, que por seu lado, naturalmente não desejava esse desfecho e com isso paralisa o país. A economia aos frangalhos, mas lixe-se a economia o que interesse é derrubar a Presidente. O Ministro da Fazenda apresenta medidas para procurar o equilíbrio das contas e envia ao Congresso que nada faz porque a ordem é não aprovar, nem sugerir nada,. O que interessa é derrubar a Presidente. Daí vem a chantagem do PMDB para a reforma ministerial para poder participar mais do governo tirando o PT. E se isso não for feito vamos derrubar a Presidente. Em dado momento a Oposição faz as contas e passa a avaliar o problema consequente de uma possível queda individual da Presidente e o cargo passar a ser exercido pelo Vice Presidente, do PMDB. Opa, isso não! Passa-se então a uma nova tática. Vamos é perturbar o governo torcendo sempre para o insucesso para lucros futuros. Vêm novas ideias, inclusive de recursos junto ao TSE para derrubar a chapa e realizar novas eleições. E ai vai…

O fato é que agora, ao término do ano sofrido em que aguentamos a inflação e o desmantelamento da economia surge a ação do Presidente da Câmara aprovando a tramitação do Requerimento de Impeachment da Presidente. Até aí, faz parte.. Se há provas contundentes para a derrubada a Presidente que se faça. Mas aprovar porque o partido do governo resolveu não votar a favor dele contra o processo de afastamento da Presidência da Câmara por denuncias escancaradas de corrupção é demais. Parar o país por um ano chantageando com o parecer sobre o processo de impeachment é demais. E o governo passar o ano todo negociando e cedendo às pressões para conseguir o arquivamento do processo também é demais.

E nós aqui iguais bobos tendo que assistir a tudo isso sem ter o que fazer porque as decisões estão nas mãos de parlamentares sem nenhum compromisso a não ser o próprio umbigo.

Muito bem, lembra Boechat. E a saída da Presidente vai resolver a crise? Se ela sai com o PT entra o PMDB que já participou de todos os governos com a mesma técnica de chantagem e sem nenhum resultado positivo para o país. Vai resolver a crise? E em 2016 temos eleições municipais que paralisam novamente o país.. enquanto isso a economia balança…

Hoje vejo o Correio Braziliense com matéria referente à metamorfose do nosso quadro político.

Durante o Governo de Fernando Henrique houve o pedido de impeachment que chegou a ser votado e rejeitado pelo Congresso. Pedido pela oposição com o PT e o Sr Lula conclamando o país para a aprovação e o partido do governo PSDB acusando a iniciativa como golpista. Hoje temos o Líder Cassio Cunha Lima do PSDB conclamando a população a ir para as ruas exigir o impeachment como medida institucional legítima e o PT chamando a voz das ruas contra o golpe. Ou seja, os tempos passam e nós continuamos fazendo papel de bobos.

Um fato é inquestionável. O Sr Presidente do PSDB Aécio Neves, o Senador Cassio Cunha Lima e outros líderes da oposição não se contentam com o sistema representativo e desmoralizam o Parlamento convocando o povo a ir para as ruas pressionar os deputados e senadores para apoiar o impeachment e o PT convocando o povo a ir para as ruas para pressionar os mesmos parlamentares para impedir a aprovação do afastamento. Se o “pau vai quebrar” nas ruas dentre as duas facções não interessa a Suas Excelências que se tal acontecer vão para Miami com suas famílias e assistir tudo pela televisão….

E nós continuaremos a fazer papel de bobos……..

1 resposta »

Excelentes as matérias postadas

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: