Pular para o conteúdo

AS MODÉSTIAS..

É uma delícia relembrar o comportamento de falta de  modéstia.

No café da manhã sempre ouço a Bandnews FM e de quebra o Zé Simão.

Ontem, comentando a questão do afastamento do Reino Unido da União Europeia lembrava que chegando ao aeroporto de Londres, ao passar pela Imigração viu duas filas: à esquerda os Citizens of Kingdom e à direita the REST OF THE WORLD.

Terminada a guerra das Malvinas em que no conflito com a Inglaterra a Argentina experimentou uma derrota terrível, repórteres de todo o mundo aportaram ao sul do continente para a cobertura jornalística.  Na ilha, evidentemente as entrevistas na rua eram sempre com grande preferência pelos ingleses, mas em Buenos Aires o clima deveria ser de muita consternação. No entanto os jornalistas se surpreenderam com a resposta. A Pergunta foi:” ¿Cómo se siente con la derrota en la guerra? A resposta foi:  ¿Como derrota? Son vice campeones”
O locutor da  Rádio AM  de Coromandel, no interior de Minas ,  de pouca potência, abria toda manhã as transmissões com a frase: ” Radio Clube de Coromandel, Falando para o Mundo.. Bom dia  Brasil, Boa noite Tóquio..

Diz-se tambem de um certo político que preocupado com sua presença na história encomendou a um assessor que reservasse um local digno para ser colocado quando de sua morte. O diligente servidor de pronto sugeriu o Memorial da Pátria em Brasilia, no que foi rechassado sob o argumento de ter de compartilhar com muita gente ( Tiradentes, Caxias, Tancredo etc) Vaticano? Não, já tem muito Papa enterrado. Finalmente lembrou-se do santo Sepulcro. Gostando da ideia mandou ver o montante das despesas. Ao ser informado do valor de 500 mil dólares, perguntou abismado: ” Isto tudo para apenas três dias??”

Mas e o realmente modesto?

Anton Tchekhov, conta que  foi festejado aniversário de um homem muito modesto.  Mas era  tão modesto que somente ao final do banquete percebeu-se que alguém não tinha sido convidado: ele próprio.

 Mário Quintana  diz que ” a modéstia é a vaidade escondida atrás da porta”

Diz a condessa Diane que a  modéstia dá ao mérito o valor que dá à beleza um véu transparente.

Ernest Renan diz que é dificílimo provar que se é modesto, pois desde que se diz sê-lo, deixa de sê-lo e Emanuel Wertheimer fecha as citações com a máxima de que concordar com o modesto é contradizê-lo.

Mas, sem nos estender muito não podemos nos esquecer do falso modesto que alguém já disse que é uma pessoa que exerce uma forma diversa de mentir. E mais, que humildade não tem a ver com falsa modéstia, que nada mais é do que tentativa de extrair elogios.

E agora?

2 respostas »

  1. Não consegui ler, tudo pois entrou tantas letras e sinais

    Que para uma não muito expert em comput. Ficou extranho

    O iniciou li, eu e meu filho rimos muito com o José Simão

Excelentes as matérias postadas

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: