Pular para o conteúdo

ADAUTO LUCIO CARDOSO

Em minha juventude acompanhei de perto a vida do carioca em face da proximidade de Juiz de Fora ao antigo Distrito Federal.

Era a época das lutas de rua entre os estudantes e a policia por manifestações do aumento da passagem de bonde, dos restaurantes acadêmicos, das mensalidades escolares, sob o comando da União Nacional dos Estudantes (UNE), com a participação principalmente dos vereadores da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.]

Dentre eles se destacava Adauto Lucio Cardoso da União Democrática Nacional de cuja biografia destaco esse trecho:

“Diplomado pela Faculdade de Direito do Rio de Janeiro em 1927, Iniciou sua atividade política durante o Estado Novo, instaurado em novembro de 1937 pelo presidente Getúlio Vargas”. Em 1943, participou da elaboração do Manifesto dos Mineiros, documento divulgado em outubro de 1943, no qual diversas personalidades de Minas Gerais manifestavam sua oposição ao Estado Novo e reivindicavam a democratização do país.. Embora fosse um dos mais respeitados e combativos renunciou ao cargo por discordar da decisão do Senado Federal de restringir os poderes da Câmara Municipal, reivindicando para si o direito de examinar os vetos do prefeito do Distrito Federal.

Em 1954, foi eleito deputado federal pelo Distrito Federal, pela UDN, sendo reeleito pela mesma legenda, em 1958. Com a transferência da capital para Brasília em abril de 1960 e a consequente criação do estado da Guanabara, passou a representar na Câmara a nova unidade da federação. Em 1962, reelegeu-se deputado federal pela Guanabara”

Foi nessa época que o conheci. Servidor da Câmara dos Deputados, concursado, era lotado na Comissão de Economia daquela Casa e uma das primeiras experiências foi o encontro com esse “ monstro sagrado”. Eu estava em minha mesa na Comissão quando ouvi um vozeirão ao meu lado, me pedindo ajuda para uma pesquisa. A minha emoção foi tão grande em estar à sua frente que me deu uma tremedeira visível para espanto dele.

A sua passagem pela Câmara se notabilizou não só por sua postura parlamentar, mas também por sua bravura pessoal.

Eu assisti uma cena que ficou gravada em minha mente.

O Exército tomou conta da porta da Câmara e fez um chamado “corredor polonês” por onde passavam os deputados e os que constassem de uma lista, nas mãos de um major, eram presos e colocados numa viatura. O clima ficou tenso quando surgiu o Presidente Adauto Cardoso trazendo consigo abraçado o Deputado Francisco Julião ( Pe) , o politico mais procurado e odiado pelos militares. Ao chegar à porta de saída foi abordado pelo major que se preparava para prender o deputado pernambucano. Adauto com a serenidade que lhe era peculiar lhe disse : “ Major, ele está comigo e comigo vai sair eu como Presidente desta casa represento o Poder Civil. “ Nessa hora se aproxima um General e lhe diz “ Eu represento o Poder Militar” Adauto abre a porta do seu carro conduzindo o deputado Julião, olha para trás e diz ao seu interlocutor : “ Isso se esse poder existisse”. Mandou tocar o veiculo e entregou o Deputado na Embaixada da Iugoslávia para asilo.

A partir daí, não concordando com a sequencia de cassações de mandatos, renunciou ao cargo de Presidente da Câmara.

Amigo e respeitado pelo Presidente Castelo Branco foi nomeado Ministro do Supremo Tribunal Federal, onde mais uma vez lhe foi exigido um gesto inédito naquela Corte em razão de seu perfil. Na apreciação de um processo em 1971, o STF julgou constitucional a lei da censura prévia (Decreto-lei nº 1.077), editada pelo Governo Médici. Não concordando com a decisão, manifestou sua indignada repulsa, despiu sua capa. atirou-a sobre mesa e abandonou acintosamente o recinto, não mais retornando e se aposentou.

Há quem o acuse de temperamental e inconstante pelos sucessivos atos de renuncia. Eu me permito considera-lo coerente e probo.

 

 

 

3 respostas »

    • O importante é saber que igual a ele tivemos um elenco muito grande, e que, infelizmente não deixou muitos frutos..Não sei quanto tempo será necessário para a recomposição do nosso quadro político.

Excelentes as matérias postadas

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: