Pular para o conteúdo

FIRULAS ( 2)

Como já informei anteriormente, estou lendo o Diários da Presidência vol., 3 do Ex Presidente Fernando Henrique Cardoso.

O maior destaque dessa leitura é a   “modéstia” do autor que se posiciona acima de tudo e de todos. Dos já falecidos, Presidente Itamar, Senador Antônio Carlos, Sergio Mota, Mário Covas, nenhum fica livre de sua pena rigorosa. Todos são “ ingratos” diante da sua benevolência e incapazes de se ombrear à sua sabedoria. e dentre os vivos, Aecio,Serra,Jader,Renan,Temer,Lula e todo um elenco, ninguem se salva..

Mas, como soí acontecer, o autor quando se deslumbra deixa de se policiar quanto aos limites de sua imaginação e acaba relatando fatos de seu exclusivo conhecimento e, portanto, sem valor histórico. Destaque para a afirmação de que o Primeiro Ministro Tony Blair declarou que a autorização do G7 para empréstimo ao nosso país se deu unicamente por sua causa, FHC, e não pelo Brasil. Será????

Quando ele diz que serviu de “ ama seca” do Presidente Itamar impedindo mil crises inclusive militares”, se arrisca em mergulhar o seu relato em descrédito pois, durante todo o governo o único setor que não apresentou turbulência foi o militar. Aliás teve sim, um pequeno desconforto na área referente à salários, quando o Ministro da Marinha, Almirante Serpa solicitou uma reunião com os Ministros Militares para tratar do assunto, realizada no gabinete do Presidente, da qual eu participei e à qual FHC não participou e nem dela tomou conhecimento, por já estar afastado do governo cuidando de sua candidatura patrocinada por Itamar. Posso atestar que o encontro decorreu em ambiente de muita cordialidade e respeito.

A propósito, vale ressaltar o relato referente a um encontro com o General Cahim e depois com o General Zenildo, ao que tudo indica, mal interpretado, uma vez que ambos jamais tratariam desse tema e na forma relatada. Lamentavelmente ambos já faleceram e não podem recolocar a verdade dos fatos. No entanto, uma coisa é certa, o Alto Comando Militar jamais iria se reunir para tratar das calcinhas da Lilian Ramos.

Vale destacar ainda, que de fato esse episódio do carnaval de 1994 não foi dos mais felizes, mas não teve essa repercussão que o ex Presidente pretende dar, unicamente para se apresentar como o mediador que salvou o governo.

O meu entendimento é de que a nossa história política carece de informações isentas e significativas sem distorções ou invencionices para que a posteridade conheça com exatidão as suas origens.

Em face desses desvios acima relatados já se plantou uma historinha a respeito do Ex Presidente.

Diz-se que FHC decidiu que deveria ser escolhido e reservado um local para o seu túmulo. O assessor designado para a missão sugeriu que fosse na catedral de Brasília o que foi imediatamente contestado. O Panteão da Pátria? “ Nem pensar, é muito pouco” O Vaticano??

“ Não vou me misturar com Papas. ” O Santo Sepulcro? “ Acho bom”, respondeu ele. Mas informou o assessor que havia um custo de quinhentos mil dólares. Resposta : “ Mas essa quantia por  apenas três dias????”

Assim, os leitores vão por si só interpretar a seu modo e concluir, como nós, que essa obra poderia melhor servir a história se não fosse permeada dessas firulas desnecessárias.

Voltarei ao assunto assim que me inteirar de mais detalhes.

 

 

 

4 respostas »

    • Eu não tinha duvidado de sua razão.. apenas não escreví antes porque não queria me valer de noticias de jornal, preferindo ver no próprio livro o qual já li todo ano de 1999 e o primeiro semestre de 2000. Mas não posso deixar de registrar a alegria de vê-la atenta às minhas postagens., obrigado.

  1. Dr Henrique, como sempre, muito espirituoso! Vale lembrar que o Ex-Presidente Itamar sempre teve por todos nós Militares (me incluo no grupo) o maior respeito e admiração, por seu espírito estadista, pela cuidado que tinha no trato da coisa pública, que não achava ser de sua propriedade. Durante os 13 anos que tive o prazer de servir com ele, aonde estivéssemos, fazia questão de cumprimentar o Soldado de serviço, e os tratava a todos com muito respeito. Admiro-me de ler a entrevista do Ex-Presidente FHC. Não parece a mesma pessoa, que durante a enfermidade do Dr Itamar, no Hospital em São Paulo, ligava-me perguntado pelo seu restabelecimento, como se um amigo fosse. Vejo agora que nunca foi!

    • Caro Pelluso,

      A emoção nunca foi a melhor companheira da razão. Daí porque ás vezes as pessoas dizem coisas que se contradizem em outras circunstâncias. Por isso nesse livro vemos o autor atacar a todos que em dado momento possam conflitar com suas ideias, inclusive aos amigos mais íntimos. Por isso só nos resta levar a questão na base da galhofa.

Excelentes as matérias postadas

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: