Pular para o conteúdo

ANDRADINHA

Estou calado a algum tempo por falta de inspiração. É que o desânimo tomou conta diante de tanta asneira por que passa o país. Já tive oportunidade de falar sobre isso. Ninguém mais se entende e todo mundo fala demais, principalmente no que não é de sua conta.

Hoje, no entanto, vejo-me no dever de dar o meu ” pitaco” na história, quando vejo o nome do meu fraterno amigo Dep. Bonifácio José Tamm de Andrada na mídia, por conta de um ” imbroglio” formado pela ala jovem do PSDB que ” exige” a sua renuncia do cargo de relator da denúncia contra o Presidente Temer, para que esse assunto não fique vinculado ao partido.

Os motivos?

Por incompetência?

Ora, pode juntar todos eles que não chegarão aos pés da competência desse Deputado. Professor de Direito Constitucional, foi Presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, na Câmara Federal foi Presidente da Comissão de Constituição e Justiça onde já proferiu os mais brilhantes votos de diversas matérias e mais, desde a sua infância recebeu aulas magnas da política e do Direito ministradas por seu pai José Bonifácio Lafayette de Andrada, politicamente chamado de ” Zezinho Bonifácio”, sobre quem já tive oportunidade de postar alguns textos. Além disso demonstrou competência na criação de seus filhos na linha do Direito, sendo um deles brilhante Desembargador no Tribunal de Justiça do estado de Minas Gerais e outro destacado membro do Ministério Público, atualmente Subprocurador Geral e que foi Advogado Geral do Estado de Minas Gerais, além dos outros no ramo da política que já foram prefeitos na cidade de Barbacena e um deles Presidente do Tribunal de Contas do Estado. Faço questão de destacar tudo isso para que todos saibam que não estão tratando com um ” Zé Mané” qualquer.

Por inconveniência política em face deles serem “” muito puros” para se misturar com o governo?

 Quer dizer que o PSDB não admite aparecer junto ao Presidente Temer? Com Aluízio Nunes Ferreira, Antônio Imbassaí e Bruno Araújo integrando o Ministério e prestando bons serviços, diga-se de passagem…

No entanto, seja qual for o motivo que desejam invocar nenhum lhes daria respaldo para se ombrear com o perfil de Bonifácio José Tamm de Andrada. Quando vejo o Líder do PSDB, com todo o respeito que lhe devemos, dizer com toda a pose que acha que o cargo lhe confere, que o Dep. Andrada não mais representa o Partido na Comissão de Justiça, eu fico a pensar: coitado!  O Deputado é filiado ao partido, está em pleno gozo de seu mandato e é uma das pessoas mais ilustres do Congresso, enquanto o mandatário de plantão não está conseguindo liderar a sua bancada, dividida, cuja maioria não se manifestou no sentido de desligar o seu integrante da Comissão para tomar de arranco o cargo de Relator.

A movimentação dos membros da Comissão é sim, tarefa do Líder e eles têm feito isso com frequência, o que é legítimo, mas depois do deputado ser nomeado pelo Presidente da Comissão para ser o relator da matéria e depois de pressionar de todas as formas possíveis em favor de uma renúncia dessa função, substituí-lo é extemporâneo e indelicado, além de desrespeitoso para com uma pessoa que honra o partido com sua presença nos seus quadros.

O pior de tudo isso é a demonstração de desconhecimento da rotina no Legislativo e se prestar para uma ” jogada “considerada de mestre e se ver com ” caro de tacho” como se diz em Minas, pois o Deputado Andrada continua na Comissão, como deputado do PSDB, ocupando uma vaga cedida pelo PSC e no cargo de relator.

Já há muito se diz que política não é brinquedinho de amador e esses tucanos deveriam saber disso. Aliás, um importante líder desse partido, na Constituinte de 1988, resolveu comandar uma ação no sentido de retirar dois anos no mandato do Presidente José Sarney e passava o dia todo cuidando dessa tarefa. Na véspera da decisão o encontrei no Salão Verde da Câmara, visivelmente eufórico e me disse que no dia seguinte o Presidente não mais teria aqueles dois anos. Eu era, então, Subchefe da Casa Civil da Presidência da República e representava o governo nas tratativas políticas no Congresso, apenas lhe disse que ele estava equivocado pois a matéria seria decidida por tantos votos a favor e tantos contra com duas abstenções.

No dia seguinte, após o término da votação e com o resultado exatamente igual ao que eu disse o encontro na saída do plenário, com o semblante lívido dizendo ” estou pasmo”!!

Eu lhe respondi: ” Senador, a sabedoria quando é muito grande, vira bicho e come o dono”

Eu acho que ele não passou essa lição para esses meninos, ou se passou, eles não entenderam. Mas o Deputado Bonifácio José Tamm  de Andrada sabe muito bem como lidar com tudo isso e não sairá dessa vez com a batata quente na mão. Eles sim, vão ter que se virar para desenrolar o seu ” imbroglio”…

 

5 respostas »

    • Pois é minha amiga. O problema maior não está só nisso.. o serviço publico cada vez pior.. Os Correios por exemplo com o SEDEX 10 que já virou, na prática, SEDEX 20.. e daí pra frente…é esperar para ver quando poderemos desfrutar pelo menos um pouco do que vcs por aí desfrutam.. abs

      • Pois é amigo , espero que esse dia chegue em breve,até o ano de 2030…isso se Deus der um empurrão. Porque pelo andar da carruagem…

Excelentes as matérias postadas

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: