Pular para o conteúdo

FAKE NEWS E ETC….

Estamos vivendo novos tempos em que os velhos costumes são substituídos por outros muito piores e que se postam como o da modernidade.

Sou do tempo em que as pessoas não tinham coragem de divulgar uma mentira propositadamente e quando não tinham certeza de sua procedência averiguava antes de retransmiti-la. A própria imprensa, e ela mesmo em especial, seguia uma regra de conduta calcada nos compromissos de fidelidade aos leitores que não permitia abusos e distorções do fato verdadeiro, ainda que a sua divulgação fosse lucrativa. Hoje, ao contrário, em primeiro lugar vem o resultado financeiro da operação para depois apurar, assim mesmo por mera curiosidade, se se trata ou não de uma verdade.

Há também, e não podemos desconhecer essa realidade, um grau de ignorância muito acentuado por parte desses atores do nosso quotidiano.

Ao analisar esse quadro cataloguei alguns fatos geradores dessas perniciosas maneiras de enganar o público.

A imprensa publicou uma fala do candidato a Vice-Presidente da chapa do PSL em que de graça, entregou o ouro ao bandido dizendo que o 13º salário era uma “ jabuticaba” por só existir no Brasil e que não era possível arrecadar doze meses e pagar 13 e da mesma forma o abono de férias. Foi um tiro direto no pé da candidatura o que fez com que o candidato titular da chapa viesse a público e textual e pessoalmente afirmar que não autorizou essa colocação e que isso nunca chegou a ser discutido. No entanto, todos os demais candidatos mesmo cientes  do desmentido continuam acusando e afirmando que essa será uma das primeiras medidas a serem tomadas em um improvável mandato. Fake News.

Mais que surpreendente é a publicação da Revista Veja de peças do processo de divórcio de Jair Bolsonaro, independentemente do seu conteúdo, mas por se tratar de processo que tramita em segredo de Justiça e o pior, desarquivado a pedido da Editora Abril e autorizado pelo Juízo da 2ª Vara de Família da Barra da Tijuca.Ora, é impossível que o Juiz da Vara de Família desconheça o que qualquer estudante de direito sabe: vista em processo que tramita em segredo de justiça é privativo das partes e de seus advogados.  Atos irresponsáveis como esses desmoralizam a Justiça. Vamos ver agora a explicação desse magistrado. Ignorância ou corrupção?

O candidato Fernando Haddad anunciou que se eleito vai propor uma Assembleia Constituinte. Ignorância completa. Não existe convocação de Constituinte pelo Presidente da República e nem pelo Congresso. É muito simples a explicação. Qualquer ato legislativo tem por base os preceitos constitucionais, seja quanto à competência de iniciativa, tramitação ou conteúdo. Considerando que uma Constituinte tem poderes originários a sua instalação significa a revogação do texto constitucional em vigor, razão porque não consta do elenco do processo legislativo a convocação de uma Constituinte. O legislador pode votar emendas à Constituição com poderes derivados atribuídos por ela própria que veda a alteração de determinadas clausulas. A única hipótese de uma Constituinte é quando há um rompimento da ordem jurídica, por uma revolução por exemplo. É uma questão muito básica para um candidato a Presidência da República desconhecer. Ignorância

Em verdade, com o avanço da tecnologia, a utilização das redes sociais seria a grande alavanca para o progresso do país. Nas campanhas eleitorais, bem utilizadas, substituiriam esse processo oneroso atualmente existente e dariam aos candidatos a oportunidade de debater grandes temas, ao invés dessa inversão de valores com memes, fake News, e toda uma série de postagens sem nenhum proveito, de mau gosto, desperdiçando esse instrumento chamado de social.

Agora, as apostas começaram a existir em torno dos resultados dessa eleição. Mas o interessante é que na avaliação os litigantes acabam misturando números de pesquisas com a sua preferência e quando não está dando certo para o seu lado, faz uma conta de chegar e sai propagando.

Tive oportunidade de ver uma análise partida dos últimos resultados da Data Folha/Ibope. Bolsonaro 28/Haddad 22/Ciro 11 e Geraldo 10.

O interesse do analista era mostrar a possibilidade do crescimento de Geraldo nesta última semana e ultrapassar o Capitão. Mas para isso o seu candidato teria que subir 18 pontos e o Bolsonaro não ganhar nenhum. Viu então que Ciro também necessitaria de um salto ornamental. Mas e Haddad também tinha que ficar estático assistindo as subidas dos únicos atletas. Partiu para uma simulação em que Haddad só poderia subir no máximo 5 pontos e que Bolsonaro já havia atingido o seu teto. Nesse caso o seu candidato Geraldo poderia ter chance. Imediatamente postou na rede social que segundo o Instituto ( bolou um nome…) o quadro mudou e a disputa era entre o petista e o tucano. Fake News

Para coroar assistimos à repetição da manobra nefasta tentada no TRF4 quando em um final de semana é acertada a concessão de uma liberdade da prisão de Lula, com um desembargador de plantão que por coincidência é militante do partido. A liminar foi cassada pelo Relator do processo. Inconformado o petista reafirma a sua decisão criando um conflito de competência que foi felizmente decidido pelo Presidente do TRF4, cassando a liminar. Agora, também em um final de semana consegue do Ministro Lewandoviski (sobre quem não há necessidade de discorrer) uma liminar desautorizando a Juíza de Curitiba que vetou a concessão de entrevista do Ex Presidente para a Folha de São Paulo, para ser divulgada da cadeia para o mundo. O Partido Novo atuando, não com escaramuças, dentro das regras processuais, acionou a Corte suscitando a inconveniência e a ilegitimidade da medida, diretamente ao Presidente do STF que estando ausente da Capital foi substituído pelo Vice- Presidente Ministro Fux que deferiu o pedido impedindo a referida entrevista. Tal qual o juiz petista de Porto Alegre, o Ministro Lewandoviski, reafirmou sua decisão exigindo o cumprimento imediato, tendo também como no caso da TRF4a as suas determinações cassadas pelo Ministro Toffoli Presidente, que despachou de próprio punho depois de, segundo informações, passar-lhe uma descompostura. Manobra indecente.

A propósito vale a pena registrar para confirmação futura.

Tenho conversado muito   com amigos que se apavoram com notinhas feitas por colunistas antecipando o comportamento de Ministros do STF.

Várias foram as notícias na ocasião em que a Ministra Carmen Lucia assumiu a Presidência da República na ausência de Temer, tendo como Vice o Ministro Dias Toffoli, que iria soltar Lula, que iria revogar a prisão de condenados em segunda instância, desautorizar a Lava jato, enfim tudo o que jamais ocorreu, durante a interinidade.

Já disse e repito. Não tenho nenhuma relação pessoal com esse Ministro, mas, o considero   tranquilo, comedido, inteligente, com bom tino político que poderá vir a ser um bom Presidente daquela Corte, corroborado pelas suas primeiras e recentes decisões.

A Nação agradece se ao invés de Fake News, distorções, mentiras, ignorância e manobras passemos a conviver com uma mídia e usuários das redes sociais imbuídos de respeito e sentido de cidadania.

Excelentes as matérias postadas

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: