Pular para o conteúdo

CADÊ ANAC?

Na semana passada vimos o Presidente Bolsonaro responder em entrevista que não sabia ainda se sancionava ou vetava o Projeto de Lei que liberava o transporte de bagagens dos passageiros nas empresas aéreas. Dizia ele que o seu coração determinava a sanção, mas quanto à parte técnica estava em dúvida em face do pronunciamento da ANAC, do CADE e de algumas empresas aéreas.

Alguns jornalistas que se dizem especialistas na matéria afirmavam que, fatalmente, haveria o aumento dos preços das passagens.

Ora, o grande argumento da ANAC quando advogou a favor das empresas aéreas no sentido de permitir a cobrança das bagagens foi o de barateamento dos custos, que nunca ocorreu.

Hoje, pesquisei na internet os preços de uma passagem entre Rio de Janeiro e Brasília no próximo final de semana; Pasmem!!!! R$ 1900,00 (hum mil e novecentos reais), um assalto a mão armada!!! Pior que isso. O preço da passagem do Rio de Janeiro a Cabo Frio ( 150 kms), duas horas de viagem de carro, pela AZUL, R$ 3.100,00 (três mil e cem reais). O que diz o seu coração Presidente Bolsonaro? E o que diz essa inútil ANAC? Qual o tipo de regulação que esse cabide de emprego promove? A imprensa divulga sem nenhum resguardo ou cerimônia que as passagens iriam disparar por conta do fechamento da AVIANCA. Isso é motivo técnico que se apresente? Que desculpa têm esses empresários? Isso é low cost?

Inicialmente praticamente cancelaram o serviço de bordo gratuito que de refeição passaram a fornecer umas miniaturas de biscoito e água, e em alguns casos um copo de refrigerante. Paralelamente oferecem para venda algumas guloseimas a preço aviltante condizente com os cobrados nas lanchonetes de aeroporto que constituem outro descalabro!

E o governo fala em incentivar o turismo no Brasil. Dessa forma? Permitindo que essas milícias aéreas assaltem o turista ilimitadamente?

Agora, se o brasiliense deseja ir para Orlando na Flórida) USA), poderá pagar R$ 1.300,00, um terço do preço da Azul do Rio a Cabo Frio para um trecho sessenta vezes maior. Se há explicação para uma aritmética dessa ordem façam o favor de me contar porque os parcos recursos da minha formação escola não me permitem entender. Será que a ANAC e o CADE poderiam nos fazer esse favor?

Sabem quanto a Delta Airlines sócia da Gol cobra para o trecho de cinco mil quilômetros entre Miami e Washington? Oitocentos reais!!!!  E a mesma Gol nos cobra para cobrir Rio de Janeiro a Manaus, com quatro mil duzentos e setenta e dois quilômetros a pechincha de dois mil duzentos e dez reais!!

Isso é que tem que ser esclarecido. Enquanto ficamos a discutir se paga mala ou não paga mala, as empresas vão enfiando a mão nos nossos bolsos simplesmente porque não temos alternativas. Somo obrigados a pagar o que eles querem ou então não saímos do lugar. Não temos ferrovias com trens de luxo para viagens longas como na Europa. As rodovias em péssimo estado e os ônibus ainda que chamados de luxo não oferecem o conforto necessário para distancias quilométricas.

Essa é mais uma mudança que Bolsonaro precisa focar e se deseja ver o Brasil com o fluxo de turistas que merece, muita coisa há que ser feita começando pela informação sobre a serventia dessa ANAC

3 respostas »

  1. Parabéns caro Ministro ,pela coragem e inteligência em expressar tudo aquilo que defendemos e precisa ser dito e ouvido pelo Presidente !

Excelentes as matérias postadas

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: