MAROLAS……

Meu Deus do Céu! Nunca vi um grupo dar tanto tiro no pé!

Chega-se à conclusão de que o silêncio, que a prudência já ensina que vale ouro, no caso deles é imperativo, é insubstituível pois todas as vezes que se manifestam é para levantar uma poeira que vai direta aos seus próprios olhos.

Não foram poucas as vezes que durante o seu mandato presidencial tivemos oportunidade de ponderar sobre as pérolas pronunciadas pela família e pelos aliados mais próximos.

Agora, findo o mandato  o momento é de extrema cautela, diante das caças às bruxas promovida pelo governo atual com o alinhamento de Ministros do Judiciário que não fazem nenhuma cerimônia em abertamente demonstrar a perseguição que pretendem acionar.

Tivemos o famigerado 8 de janeiro em que bandidos, a soldo não se sabe ainda de quem, conseguem encantar os inocentes uteis que se manifestavam pacificamente nas ruas, mas incentivados, formaram uma pequena multidão que com sua presença impediam a atuação policial, enquanto os malfeitores ,  no interior dos Palácios,  depredavam  a destruíam o que via pela frente. Mas com suas vestimentas e grito de guerra identificavam toda a turba como uma só unidade: Bolsonaristas, sendo ou não sendo!

E nessa hora em que o interesse oficial era a de identificar a ação como direcionada pelo Ex-Presidente, que mantinha seu silencio fora do país, é brindada pela ação irresponsável de um familiar que tendo acesso às redes sociais de titularidade do pai, se manifesta atacando a Justiça Eleitoral. Por essa razão foi expedido mandado de intimação assinado pelo Corregedor do TSE para investigar a participação nos movimentos extremistas.

Agora, surge a figura de um Senador com uma história sem começo, sem meio e sem fim que no fundo acaba dando material para atrelar e incluir o Ex Presidente no enredo.

Esse é o tempo que se perde pelo lado de quem deveria estar coordenando a oposição.

E do lado do governo que chega com toda pompa e circunstância alardeando mundos e fundos não pudemos ver nada de concreto. Sinceramente, achei que o Lula fosse aproveitar essa grande oportunidade para recompor a sua história  realizando um governo probo, realizador, reformador. O que vemos é um tiroteio constante, longe do anunciado propósito de pacificação do país, buscando de todas as formas destruir o que já foi feito no governo anterior.

Um exemplo de suas divagações esta na decisão de conceder novos empréstimos à países governados por partidários ideológicos,

Lula programa novos empréstimos a Cuba, Venezuela, que já receberam o auxilio anteriormente e não pagaram . Lula diz que o calote é culpa de Bolsonaro que não cobrou para a divida ficar em aberto  e que ele possa acusar Lula disso.Se vão  pagar ou não, é coisa secundária.

Enquanto isso mantem o seu discurso contra tudo e contra todos e elege o Banco Central como alvo, culpado de todas as mazelas, por ter se tornado independente.

Claro que a campanha pela dependência do Banco Central ao Executivo como era antes é para poder manter uma ingerência sobre a instituição.

Na posse da diretoria do BNDES não perdeu a oportunidade de atacar indiretamente o governo anterior e anunciou o desejo de voltar a socorrer financeiramente países sul-americanos endividados e já inadimplentes com o nosso país.

Sinceramente, não sei onde pretende chegar… mas a oposição está calada, não sei se por estratégia ou se por conchavo…

De  igual forma, o Judiciário, que se sentia agredido pelo ex-Presidente e que anunciava uma ação de celeridade processual com a criação de forças tarefas para as soluções para os milhares de processos estagnados há anos de tramitação, silencia e continua sob o comando unitário de um único Ministro titular absoluto do chamado “inquérito do fim do mundo “que serve de respaldo para tudo que vier.]

Qualquer processo que possa ensejar uma solução que atenda o  interesse do Sistema, terá o seu encaminhamento para integrar aqueles autos inexpugnáveis que darão em consequência uma decisão monocrática avassaladora que será aplaudida pelos demais pares que preferem estar sempre “ com o Relator” independentemente de estar ou não afetando a vida dos cidadãos.

Até Justiça Eleitoral, cuja competência  se encerrou com a diplomação dos candidatos permanece ativa como Tribunal de Inquisição composto do Presidente e do Corregedor  e mais um restante de Ministros que assistem à distância as decisões ali emanadas para simplesmente dar o seu apoio sem mesmo delas tomar conhecimento concreto.

Há um processo em curso no TSE sobre a denúncia de um encontro do Presidente Bolsonaro com embaixadores estrangeiros no qual o Presidente tece comentários sobre suspeita da urna eletrônica.

Vem um partido, PDT,  e pede para incluir nesse processo a minuta de uma ação de natureza golpista achada na casa de Anderson Torres. Um documento apócrifo, mal feito não só na questão de técnica legislativa como também quanto à ortografia, sem nenhuma participação ou referência ao Presidente Bolsonaro.

Encaminhada ao corregedor, aquele que acaricia  com tapinhas o rosto de Lula quando o encontra, talvez pensando em uma vaga no STF defere e inclui.

Registre-se, que essa petição e inclusão, tudo indica, foram  combinadas para poder incluir o nome de Bolsonaro nos autos, mesmo sem ter qualquer conexão, motivando  os advogados do ex  Presidente requerer a retirada desse material do processo inicial, exatamente pela falta de qualquer relação.

O Corregedor, o mesmo dos tapinhas, nega e o  seu despacho é um samba do crioulo doido, sem pé nem cabeça. E nem é preciso entender do Direito para chegar a  essa conclusão. Na sua “magnifica ” obra para rejeitar o pedido alega que existe um clima de articulação golpista no país e cita os acontecimentos de 8 de janeiro passado em que as Forças de Segurança ficaram sem comando para evitar aquela agressões.

Vai mais “Somam-se o Plano para espionar e gravar conversa do Presidente do TSE, a ocultação de relatórios públicos que atestavam a lisura das eleições e o patrocínio partidário de auditoria paralela e de ouras aventuras processuais levianas tudo para manter uma base social em permanente estado de antagonismo com a Justiça Eleitoral sem qualquer razão plausível.”

O que que esses fatos têm a ver com objeto da defesa?

Ou ele, o Corregedor já consagrado petista, parcialíssimo na condução e no exercício do seu cargo, enlouqueceu de vez, ou está em plena campanha visando a indicação para a vaga do Ministro Lewandowski, no STF, que não virá para ele, porque Lula ainda precisa e muito, dele, no lugar em que se encontra ou então é completa declinação de caráter e desrespeito à nossa democracia.

Um Ministro do STJ, ter coragem de dar um despacho esdruxulo desse para negar um pedido de retirada de matéria estranha ao processo é empobrecer o seu título.

Enquanto isso continuamos vendo o país governado pelo STF e o Ministro Relator do Inquérito das Fake News e adjacências, decidindo monocraticamente, determinando buscas e apreensões na casa de todo mundo, seja quem for, parlamentares, governador, por razões diversas,  menos a que lhe compete no tal Inquérito, mas com suas decisões estribadas justamente nesse tal do fim do mundo.

Interessante é que nós estamos falando de matéria de direito.

Do estado democrático de direito, é a nova frase usada de todas as formas.

Então era para a Ordem dos Advogados do Brasil estar se revoltando, se manifestando  contra os desmandos, pois sempre se envolveu até em briga de galo ! Mas, será que os seus dirigentes, com vários processos em tramitação nas mãos desses senhores, têm interesse em se indispor com a caneta que possa alterar sua vida de profissional atuante?

Ora, realmente tenho sempre respondido, aos que, aflitos, me perguntam sobre o  perigo do comunismo se implantar no país,  que não há a menor possibilidade para essa hipótese , mas para coisas piores do que isso é bom se precaver. Aliás, acho que já é hora de Bolsonaro mirar o seu foco de oposição ao governo do Lula, que, como eu disse, já está oferecendo gratuitamente um rol de argumentos para compor o FBAPA(Fê bê a pá)  “Festival de Besteiras que assola o país” preconizado por Stanislaw Ponte Preta,  ao invés de insistir nessa cansativa referência a ameaça de comunismo no país, que jamais ocorrerá, porque ninguém deseja, e  que não leva a nada,  e serve para desviar do que deveria estar sendo tratado.

Não conhecemos ainda um Projeto de Politica Econômica, de Educação, de Saúde, de Minas e Energias, Industria e Comercio, Segurança Pública, de Transportes, Obras Públicas e Infraestrutura, pelo menos.. A única coisa que vemos após um mês de Governo são ataques contínuos ao Presidente Bolsonaro e inaugurações de obras da gestão dele.

A Transposição do Rio São Francisco interrompida,  diz-se que para manutenção das bombas, quando na verdade já deu tempo para tudo isso e o nordestino sem a água para o seu consumo voltando a se valer dos caminhões pipas orgulho da indústria da seca

Para compensar, temos enfim uma boa notícia na área, com a remessa dos processos contra Bolsonaro, para a primeira instância, se livrando dessa aliança judicial na mais Alta Corte e passando a ser julgado com a imparcialidade dos Juízes de Direito que pelo fato de estar no exercício da magistratura, com a lisura necessária para a consagração de sua carreira profissional, não se prestam a pressões politicas e espúrias que tanto comprometem a história da Justiça brasileira.

Enquanto isso, ficamos sentados nos meios fios da vida esperando que alguém comece a trabalhar.

De marolas já estamos cheios…

2 comentários em “MAROLAS……

Adicione o seu

Excelentes as matérias postadas

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: