HISTORINHAS…

Contaram-me uma historinha em minha passagem pelo Jequitinhonha, que dois amigos, pilantrinhas até.., foram a um casamento muito chique. Vamos dizer que era o José e o Pedro. Ao entrar no salão, uma mesa bem posta, cheia de talheres de ouro brilhava aos olhos de quem ali passava. Um deles, o José, deu um passo... Continuar Lendo →

POESIA MINEIRA

Ocê é o colírio du meu ôiu. É o chicrete garrado na minha carça dins. É a mairionese du meu pão. É o cisco nu meu ôiu (o ôtro oiu - eu tenho dois). O rechei du meu biscoito. A masstumate du meu macarrão. Nossinhora! Gosto dimais DA conta docê, uai. Ocê é tamém: O... Continuar Lendo →

coisas do falastrão…..

Chefe da Casa Civil,  eu me encontrava em um compromisso social em São Paulo, em uma roda de conversa na presença de Mario Covas, Maluf, Miguel Colassuono e outros mais,  quando me surge um desses loroteiros e bate com a mão nas minhas costas como se desejasse quebrar todas as minhas costelas e com a... Continuar Lendo →

CASAMENTO LÚDICO

Casamento lúdico, com muita graça e expressão de amor.. restrito como não poderia deixar de ser, os convidados se fartaram de alegria, pela alegoria montada pelos noivos, com cumplicidade de seus pais e brindados por uma tarde lindíssima, típica de Pirenópolis, com um céu azul de anil e uma brisa constante quebrando a onda de... Continuar Lendo →

O HOMEM DO BALÃO (Reprise)

Surge no céu um homem pilotando um balão. Em dado momento visualiza um pedestre ao qual se dirige perguntando: " "Boa tarde cidadão. Você poderia me informar onde eu estou, porque assumi  um compromisso com um amigo às 14 horas e já são 16 horas e eu estou perdido porque me deram a rota errada."... Continuar Lendo →

NATUREZA HUMANA

As diferenças de costumes, então, nem se fala... Lembro-me da minha vida na Fazenda, convivendo com aquele povo simples, puro, ignorante, no sentido de conhecer muito pouco da vida e do progresso, que vive ali durante toda uma existência sem nunca ter tido oportunidade de novos horizontes... Para eles tudo é azul... a maldade se... Continuar Lendo →

VENDEDOR DE COCADAS ( Reprise)

Em Juiz de Fora,  na  porta da antiga Agência do Banco de Crédito Real de Minas Gerais, esquina de Rua Halfeld com  Getulio Vargas, um tradicional vendedor de cocadas cumpria sua jornada diária quando é abordado por um amigo que constrangido lhe conta toda uma tragédia  de vida para ao final  pedir cem cruzeiros (... Continuar Lendo →

BOATEIRO,..

O caro amigo Domingos pede para replicar a história verdadeira do Boateiro. Tem gente, realmente viciada em plantar boatos. Diz-se que, conhecido jornalista muito relacionado em Brasilia, vivia plantando boatos no Congresso, nas ruas, nas saunas, onde estivesse, no período do governo militar. Falava sobre lista de cassações, prisões, enfim o que vinha na cabeça... Continuar Lendo →

TIRADAS DE JÂNIO QUADROS (2)

Cleto Falcão, ex deputado, amigo do Presidente Collor contou que em um jantar em ,Roma em ,homenagem ao ex-presidente Jânio Quadros,  compareceram e foram recebidos com uma certa frieza, porque Jânio, na realidade, queria ser candidato a presidente. Começou, então, a contestar a candidatura de Collor. Dizia que Collor era muito novo : primeiro, ele... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑