MEMÓRIAS POLÍTICAS

Nesse período de pouca fertilidade de assuntos interessantes, vamos esquecer a mesmice e relembrar alguns fatos que li ou presenciei. Meu amigo fraternal, Dario Macedo, cearense, grande jornalista, mas que  foi de uma incompetência muito grande morrendo antes da hora deixando-nos  quando ostentava os melhores momentos de sua vida. Dentre suas obras destaco o Livro:... Continuar Lendo →

MICOS….

* Na década de 1980, surgia no país uma dupla de música sertaneja sucedendo os tradicionais Alvarenga e Ranchinho e Tonico e Tinoco. Era Chitãozinho e Xororó, irmãos paranaenses, que como todos cantores que se lançam buscavam espaço a todo custo se apresentando em festa de aniversário, casamento, e, quando não tinham contrato cantavam nas... Continuar Lendo →

FELIZ NATAL

Para quem centra o seu foco na análise e considerações de fatos políticos acaba sem margem de manobra em face da mesmice, obrigando a um recesso involuntário. Já passados alguns meses recolhido, sem nenhuma postagem nesse nosso recanto tentando localizar alguma novidade para repercutir, constatei que a situação é geral e reconhecidos colunistas como Maria... Continuar Lendo →

MELINDRES PRAIANOS..

Tivemos uma semana em que a vida do carioca ficou tumultuada em face do frisson causado pelas declarações do Ministro da Justiça Torquato Jardim. Mas será que ele inventou alguma coisa? O Presidente da Câmara dos Deputados, longe de casa, apressou-se a dizer que as declarações eram “ infantis e irresponsáveis “, mas não disse... Continuar Lendo →

SAUDOSAS LEMBRANÇAS

Para amenizar esse ambiente pesado da pandemia e das confusões politicas vou me permitir republicar algumas passagens da minha infância e pré-adolescência. Reminiscências são ao mesmo tempo um bálsamo na alma e um peso no coração. É a hora que revivemos os bons e menos bons momentos de nossa vida. Por isso  disse George Bernard... Continuar Lendo →

AH QUE SAUDADE !

 Fiz concurso público para integrar o quadro de funcionários da Câmara dos Deputados em 1961 e lá permaneci por longos 32 anos com minha aposentadoria em 1994. Durante todo esse período me orgulhava de trabalhar na sede um Poder que era  o baluarte da sociedade brasileira, e que respondia aos anseios da população com seriedade... Continuar Lendo →

MALDOSA BERLINDA

        Se palpite valesse dinheiro, o Brasil seria quinquilhonário.  Jamais imaginei que fosse ter em minha vida a oportunidade de assistir tanta gente falando do que não sabe e com pose de quem sabe. Estamos na fase do rescaldo da questão que envolveu a dúvida sobre os papeis do Supremo Tribunal Federal... Continuar Lendo →

BONS OU MAUS COSTUMES?

É notória a mudança de hábitos nos tempos atuais, em todas as áreas. Há quem diga que é o modernismo e chega-se até a dizer que não há mais lugar no mundo para os que com  ele não se adaptam. Mas, mesmo  sem discutir essa tese não podemos nos esquivar de um fato que é... Continuar Lendo →

ANDRADINHA

Estou calado a algum tempo por falta de inspiração. É que o desânimo tomou conta diante de tanta asneira por que passa o país. Já tive oportunidade de falar sobre isso. Ninguém mais se entende e todo mundo fala demais, principalmente no que não é de sua conta. Hoje, no entanto, vejo-me no dever de... Continuar Lendo →

RIO DE JANEIRO

O meu amigo e ilustre articulista Luiz Carlos Azedo, sempre nos brinda com excelentes textos publicados no Correio Braziliense. Desta feita, se ocupou há duas semanas, da presença das Forças Armadas no Rio de Janeiro, não só abordando os efeitos  imediatos e práticos da ação mas também o seu significado para avida da cidade e do... Continuar Lendo →

Blog no WordPress.com.

Acima ↑